Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Granjinha/Cando

e Vale de Anta... factos, estórias e história.

Granjinha/Cando

e Vale de Anta... factos, estórias e história.

neblina...

13
Fev12

   A neblina da foto parece realçar o desleixo e o eterno abandono da Capela da Granginha, por parte dos nossos políticos !

 

   Sim, embora seja uma qualquer entidade responsável pelo nosso património, a decisão é sempre politica.

   Se na aldeia da Granginha houvesse votos para decidir eleições, o presidente da junta, o presidente da câmara, o primeiro ministro, o presidente da república e os deputados visitariam o monumento com muito agrado, distribuiriam beijos às criancinhas e prometeriam até a lua...

    A capela estaria há muito requalificada e faria parte do roteiro de monumentos a visitar e com interesse no concelho, as ruas da aldeia estavam devidamente pavimentadas, bem como a estrada de ligação à sede de freguesia, o casco antigo da aldeia reabilitado, os cabos eléctricos enterrados, a vila romana da Granjinha finalmente posta a descoberto bem como a constituição de um núcleo museológico para abrigar todos os achados arqueológicos encontrados. Como não há votos, não há obra, a Granjinha está assim fora das campanhas, e dos roteiros dos políticos...

    Quando fazem qualquer coisa muito sofrida fazem questão de vincar que a lua desceu à terra. (veja-se o caso do saneamento, todos os lugares da freguesia já tinham saneamento e para não parecer mal, lá surgiu o famigerado, depois de muitos anos de luta)

   Relembro que o adro da Capela Românica, por sinal dizem a mais antiga do concelho de Chaves...espera pela sua requalificação, há 26 anos, sim vou repetir, 26 anos, altura em que se iniciou o restauro do monumento!

   É caso para dizer que esta obra é obra....e até eu estou enevoado!